Quem é Jorge Sérgio L. Guimarães?

Por Diogo Madeira

 

A metade geográfica do nosso Brasil não faz ideia de quem é Jorge Sérgio L. Guimarães e a outra sabe que ele escrevia crônicas para o jornal O Globo nos anos 50. Sobre o quê ele produzia artigos? Sobre as suas vivências. E a sua surdez. Eu posso afirmar que ele é muito misterioso para mim porque realizei pesquisas intensas no Google para obter informações sobre ele e não achei nada dele. Vou ser franco com vocês que atuam na área da surdez, os escritos dele me encantaram. O que ele escreveu é extraordinariamente admirável e ele chegou a me ‘hipnotizar’ em algumas crônicas. Em outro momento eu conversei com a minha amiga acerca do escritor que eu li, aí ela considerou ele como o misterioso surdo de 1961 – o livro foi lançado no mesmo ano e por sinal não teve grande repercussão nesta época e ainda não descobrimos o motivo do insucesso. É só questão de tempo. A despeito disso, eu comentei do livro que li com empolgação para ela que é doutoranda em lingüística, a qual eu admiro muito desde que nós nos conhecemos. De forma carinhosa, combinei com ela que eu darei uma cópia do meu livro, para acabar com a curiosidade que a está matando depois de falar do referido que deixara a minha amiga faceira. A conversa que eu havia com ela há pouco tempo me parecia empolgante porque nós interagimos sobre as novidades que aconteceram em nós nos últimos dias. Pois as nossas idéias são mútuas por nós termos o mesmo gosto pela leitura. O livro que eu li se chama ‘Até onde o surdo vai’. É raro para ser achado, eu diria. Foi um árduo trabalho para eu conseguí-lo por meio do site denominado Estante Virtual, uma rede de sebos. Ontem ele chegou na minha casa, em forma de carta simples – por mais que me surpreendesse, ele chegou de São Paulo à minha cidade em três dias. As folhas do livro são amareladas devido à ação do tempo, no entanto, o que me deixa mais empolgado ainda é a forma original como o livro é. A minha conclusão franca é que este livro que escritor surdo escreve é melhor por questões de conteúdo que eu já li, embora ele destacasse o método oralista em algumas crônicas, deixo que claro que não podemos culpar a época dele. O que importa, no meu ponto de vista, é que o escritor que lançou esse livro se sentia bem com o que pensava na hora de produção textual. Não tem como se segurar para não lhes deixar embaraçados. De alguma maneira eu também não me calaria. No livro ele falava um pouco de sua vida. Ele era funcionário do ministério da fazenda. Ele ainda destacava o empenho de sua mãe que o levara a aprender a falar e a ler nos lábios. Contudo, pouca coisa que ele abasteceu no seu livro. A pergunta me cutuca, ou melhor, nos toca: será que ele fez faculdade? De quê? Eu acredito que a sua origem acadêmica está longe de ser descoberta, por falta de dados. Mesmo que me pareça misterioso esse sujeito, não vou olvidar o que li regozijamente.

Anúncios

8 comentários sobre “Quem é Jorge Sérgio L. Guimarães?

    • Oi, Patrícia! Infelizmente esse livro se encontra fora do catálogo. Ou seja, eu comprei o último exemplar original em um sebo. Posso te mandar o pdf se quiser. Tens facebook? Ou deixa teu e-mail por aqui e eu apago logo assim que anotar o teu. Abraço!

Faça seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s